Minha saga na medicina iniciou-se aos 15 anos, quando decidi migrar de minha cidade natal no interior de Goiás para cursar o segundo grau na capital do país.

De família humilde, estudei em escola pública(centro educacional Gisno) e após 3 vestibulares, fui aprovado para o tão sonhado curso de Medicina na UnB, na qual cursei no período de 1998 à 2004.

O desejo de trabalhar na área estética sempre existiu, inicialmente direcionado para a especialização na cirurgia plástica. Contudo, durante o curso, ao entrar em contato com a rotina da cirurgia geral e consequentemente da cirurgia plástica, a rotina de centro cirúrgico e o pouco contato com o paciente me desestimulou a continuar na especialidade cirúrgica, sobrando como opção a prática da clinica médica, o que foi ser mais tarde a decisão mais acertada no meu objetivo de vida/trabalho.

A escolha óbvia, nas especialidades clínicas foi a dermatologia, mas o destino mais uma vez me levou a outro campo, uma vez que não me classifiquei dentro das vagas disponíveis no concurso de residência médica (terceiro lugar para 2 vagas na residência médica de dermatologia/HuB-UnB).

Assim, meu interesse de longa data pelo estudo dos hormônios e como eles podem ser úteis na melhora da performance física/estética fiz o concurso para endocrinologia, sendo aprovado para cursar residência médica em endocrinologia no HuB/UnB período 2007-2009.

A paixão pela endocrinologia iniciou-se, aos 18 anos, já cursando medicina, época em que iniciei uma rotina de treinos físicos em musculação, para promoção da saúde/performance física/estética, pois após 2 anos de treino forte aliado a dieta houve uma parada nos ganhos e assim com o interesse na melhora da performance física pelo uso de medicamentos hormonais.

Desde então, aprofundei os estudos dos hormônios, me interessando em me sub-especializar na endocrinologia esportiva/obesidade/metabolismo.